Quer criar um blog? Veja 5 dicas importantes

14/02/2011

Não é uma questão de modinha. Hoje em dia os Blogs estão cada vez mais profissionais.

Alguns, é claro, só exibem coisas fúteis, porém retornam um grande lucro para seus autores além, é claro, da popularidade.
E se você quer entrar de vez nesse mundo para começar a valorizar o seu bom e velho português escrevendo, lendo, corrigindo e aprendendo aqui vão algumas dicas importantes, que não podem ser ignoradas por nenhum blogueiro.

1- Nome

Assim como o conteúdo o nome do Blog será fundamental para criar a sua marca na web. É um pouco confuso, ainda mais se você deseja abranger vários assuntos em um mesmo lugar. Neste caso não hesite em pedir opiniões aos amigos, seguidores no Twitter, colegas de trabalho e familiares. Procure conciliar o conteúdo do blog com o seu gosto.

2- URL

Pode parecer meio óbvio mas ainda existem URLs totalmente “sem noção”. O URL é o endereço de seu blog, e será por meio dele que os visitantes poderão acessá-lo. Nada de querer inventar um nome estranho, complexo ou mesmo fugir do contexto. Procure criar algo curto, objetivo e que leve o nome do blog junto.

3- Conteúdo

Escrever sobre seu dia, sua vida, seus relacionamentos? Depende. Se o seu blog for relacionado a este tipo de conteúdo, sim. Do contrário, nem pense em transformar o blog em um diário. Isso tornaria a navegação muito chata, além de fugir totalmente do contexto. O conteúdo, além de bem escrito (ortograficamente) deve ser relevante, exclusivo e chamativo. Nada de fotos de mulheres nuas para chamar atenção. Seja simples, direto e conquiste o público de forma a mostrar que o seu serviço é prestado da melhor maneira possível.

4- Design

Se você está começando agora com um Blog, provavelmente, não saberá muito a respeito de layouts. Os layouts são a estrutura visível do blog que ajudará (e muito) a diferenciá-lo dos demais. Existem milhares de opções disponíveis para Blogs. Não deixe de pesquisar bastante a respeito e escolher o que melhor combina com você. Se possível modifique-o ou peça para algum desenvolvedor criar um layout baseado em suas idéias. O importante é ser inovador!

5- Otimização

Não adianta nada ter um conteúdo interessante e um design inovador se você não tem um blog otimizado, ou seja, com péssimo ranking nos sites de busca e/ou imagens extremamente pesadas. É fundamental estudar os princípios de SEO (Search Engine Optimization) e garantir que seu blog esteja sempre nos primeiros resultados dos mais famosos sites de busca. Desta forma a popularidade irá aumentar e, consequentemente, seu ranking também.

Dica Extra

Estatísticas

Pretende, futuramente, oferecer pontos estratégicos de publicidade em seu blog? Então não se esqueça de instalar um plugin de estatísticas o quanto antes. Assim, quando você for montar seu Midia Kit já terá os números confiáveis para informar aos seus anunciantes.

Lembre-se: blog é coisa séria. Você pode ser um sucesso ou um fracasso na Internet. Tudo dependerá de sua dedicação.

Boa sorte a todos! :)

Post by Amilton Junior
Técnico em Informática, Programador, WebDesigner e Estudante de Engenharia da Computação. Apaixonado por Tecnologia e Informática desde pequeno. Desenvolve e promove Projetos Privados e Públicos visando inclusão digital e social.

Reprodução autorizada pelo site Dicas em Geral

Dicas úteis para o phpMyAdmin

16/11/2010

Que o phpMyAdmin é uma fantástica ferramenta, todos nós já sabemos. Mas vejo muito por aí pessoas com pequenos problemas que poderiam ser facilmente resolvidos com recursos existentes no próprio phpMyAdmin, e então eu reuni aqui algumas dicas que podem ajudar profissionais web a se tornarem mais produtivos e, em alguns casos, trabalhar com mais segurança.

Dica #1: Duplicando um banco de dados inteiro com o phpMyAdmin

Em algumas ocasiões, precisamos fazer mudanças simples nos projetos que se encontram em produção (ou seja, estão atualmente online), mas nenhuma mudança que tenha contato com as informações do site/blog/sistema/aplicativo pode ser implementada sem antes passar por testes, e o ideal é que esses testes sejam feitos em uma réplica do banco de dados em que se encontram as informações da aplicação, que atualmente está em produção. O que muitos não sabem é que duplicar um banco de dados pode ser feito facilmente, através do recurso copiar banco de dados, do próprio phpMyAdmin.

Duplicar um banco de dados no phpMyAdmin é muito fácil. Acesse o phpMyAdmin através do seu cPanel ou HELM e clique no nome do banco de dados que deseja duplicar. Na aba Operações, você já verá um formulário com o título Copiar banco de dados para. É nesse formulário que essa operação pode ser feita com total facilidade, e ele ainda tem alguns recursos para personalizar a operação. São eles:

  • Somente estrutura – copia somente a estrutura do banco de dados. Serão fielmente copiadas todas as tabelas, mas nenhum registro estará contido nas mesmas.
  • Estrutura e dados – tanto a estrutura das tabelas quanto seus registros serão copiados. Essa é a opção que está sempre selecionada por padrão. O banco de dados de destino será uma cópia perfeita do banco de dados de origem, diferenciando apenas o nome.
  • Dados apenas – copia apenas os registros do banco de dados. Para essa opção ser utilizada, é preciso que o banco de dados de destino já esteja com a mesma estrutura de tabelas que tem o banco de dados de origem.
  • CREATE DATABASE antes de copiar – para usuários que possuem privilégios para criação de bancos de dados, essa opção pode ser útil para não ter que ir à outra página para só então criar um novo banco de dados.
  • Adicionar DROP TABLE / DROP VIEW – esta opção destruirá tabelas existentes no banco de dados de destino com o mesmo nome das tabelas que estão sendo copiadas. É um recurso que deve ser usado com cuidado.
  • Adicionar valor AUTO_INCREMENT – essa opção fará com que o índice de incremento dos campos com AUTO_INCREMENT do banco de dados de destino sejam os mesmos do banco de dados de origem. Deixe sempre marcado para garantir a integridade dos dados.
    Mudar para o banco de dados copiado – fará com que, após a operação de duplicação de banco de dados seja concluída, o phpMyAdmin já carregue na página do banco de dados de destino, possibilitando assim já iniciar a trabalhar diretamente nele.

Dica #2: Efetuando backups de um banco de dados de forma organizada

Efetuar backups das informações é sempre uma boa idéia. No meu caso, quando posso eu agendo os backups via software, mas nem sempre isso está disponível e fácil a todos. Nesse caso, o recurso Exportar do phpMyAdmin supre a necessidade. Mas e quando sua pasta de backups tem vários arquivos do tipo bancodedados.sql-01.zip, bancodedados.sql-02.zip, bancodedados.sql-03.zip… Como saber facilmente qual backup é o mais recente? E como deixar de forma fácil essa informação para futuras consultas?

No momento em que você vai fazer backup de um banco de dados através da aba Exportar do phpMyAdmin, ele pergunta pelo nome do arquivo do modelo. Logo abaixo, avisa que aquele valor é interpretado usando a função strftime do PHP, e avisa também que você pode usar strings de formatação de tempo. Isso é o suficiente para resolver o problema da organização dos nomes dos arquivos de backups!

Eu criei um novo modelo para meus backups, no qual o nome do arquivo fica algo parecido como 2010-11-13_19-36-00_nomedobanco.sql.zip. Para isso, bastaria você usar o seguinte modelo:

%Y-%m-%d_%H-%M-%S___DB__

Assim, o arquivo de backup do meu banco de dados que o phpMyAdmin irá servir para download já virá nomeado com o ano, mês, dia, hora, minuto e segundo atual, seguidos do nome do banco de dados! Olha que maravilha! :) Assim, você já pode salvar diretamente o arquivo na sua pasta de backups no seu computador, e se você deixar a opção lembrar modelo marcada, da próxima vez que você for exportar seu banco de dados esse modelo de nomenclatura já estará configurado. :D

Post by: Joel Wallis
“Desenvolvedor web, blogueiro, tuiteiro”

iPad: 10 dicas úteis

14/10/2010

iPad: 10 dicas úteis

Pra quem não tem tempo ou paciência de ler manuais de usuário, este post será muito útil aos donos de iPad. Separamos dicas preciosas e pequenos truques que, certamente, facilitarão a vida de quem quer tirar o melhor proveito do tablet mais falado do mundo, desenvolvido pela Apple.

1.    Abrir links do Safari em uma nova página
Lembre-se que você pode carregar várias páginas simultaneamente no Safari. É possível abrir uma nova janela enquanto mantém a atual (um pouco da dinâmica dos navegadores com abas, mas sem elas). Para isso, toque no link e continue pressionando até que aparece a opção “Open in New Page”.

2.    Ativar opção de autopreenchimento no Safari
Pra quem, além de não ter paciência de ler manuais, não gosta de digitar todas as vezes nome de usuário e senha.
Verifique se seus dados estão salvos em “Contacts”. Vá para “Settings”> ”Safari” e selecione  “AutoFill”. Em seguida, defina ambas as opções para “On” e selecione o arquivo de “Contacts” no campo “My Info”.

3.    Silenciar o iPad
Embora não haja o botão de “Mute”, apenas pressione o botão de volume para baixo. Em menos de 2 segundos o volume cai para zero.

4.    Botão Home
O botão “Home” vai levá-lo à sua página inicial, se pressionada uma vez, mas existem algumas funções que vale a pena conhecer também. Para configurá-las vá para “Settings” > “General” > “Home”. Aqui você pode escolher qual função gostaria de realzar a partir de um pressionamento duplo, como a abertura de “Spotlight” ou acesso ao iPod.
A partir desta área, em “Settings” você também pode definir o “iPod Controls” para “On”, o que significa que, quando você tem música tocando e está em outro programa ou aplicativo, um pressionamento duplo do botão “Home” irá trazer controles básicos de música.

5.    Adicionar atalho de um site na tela inicial
Dirija-se a página que deseja criar o atalho, toque no sinal “+” na parte superior da página e selecione “Add to Home Screen.” Isto irá criar um ícone de atalho que oferece acesso aos sites mais acessados com um só toque.

6.    Deixe o iBook mais amigável
Para os leitores que gostam de folhear as páginas mais rapidamente, é possível ajustar o iBook para mudar de página a partir de um atalho. Basta um toque na margem esquerda para mudar a página.
“Settings” e toque no ícone “iBooks”, dentro da seção “Apps”. Toque a margem à esquerda para certificar-se que a opção “Next Page” está marcada.

7.    Ativar o iPod Sound Check
Todo mundo sabe o quanto é chato ter suas músicas sendo reproduzidas em níveis de volume diferentes. Porém, existe uma maneira para fazer com que elas estejam todas num mesmo padrão de volume, evitando que você tome sustos na mudança de uma faixa para outra.
Vá para “Settings” e depois “iPod”. Lá terá uma seção chamada “Sound Check” e, por fim, “On” para ativá-la.

8.     Tornando seis apps do Dock mais práticos
Enquanto o iOS4.2 não chega, há algumas maneiras de organizar seus aplicativos e tornar mais acessíveis os itens que você costuma utilizar com mais freqüência.
Você pode utilizar até 11 páginas para organizar suas ações. Como não existe nenhuma maneira de fazer uma pasta para jogos, por exemplo, você pode arrastar todos os jogos para uma página e criar o tema “jogos” para ela.

9.    Truque da barra de espaço
Talvez não seja um dispositivo tão útil, mas é interessante e, por isso, vale compartilhar. Além de diversos atalhos de teclado, existe este truque que permite dar tantos espaços no texto de acordo com o número de dedos que tocam a barra de espaço.
“Um dedo, dois  dedos, três   dedos, quatro    dedos”.
É provável que essa função tenha sido mais por divertimento dos engenheiros da Apple do que por alguma funcionalidade que, por enquanto, ainda não foi descoberta.

10.    Baixe o guia de usuário do iPad
Sabia que você pode baixar o guia de usuário como um e-book?
Faça um download gratuito na página do iBook Store e procure por “iPad”.
Quando precisar de alguma instrução técnica offline, ficará mais fácil e prático solucionar problemas e dúvidas em forma de livro digital.

5 dicas para seu e-mail marketing

27/08/2010

O e-mail marketing com certeza é uma excelente ferramenta para melhorar o relacionamento com seus clientes e aumentar as vendas, porém não basta simplesmente ter a ferramenta, é preciso saber e entender diversas técnicas para enviar um e-mail marketing com qualidade e causar um impacto positivo no cliente que está recebendo.

Como este é um dos serviços que comercializamos em nosso site, passaremos a postar constantemente aqui em nosso blog matérias de ajuda para uso do e-mail marketing com qualidade.

Começaremos hoje dando 5 dicas para aumentar a abertura dos seus e-mails:

1 – Conheça bem o seu target

O que se passa na cabeça das pessoas ao qual você deseja enviar suas mensagens ? O que as pessoas estão repercutindo atualmente ? Conhecer o assunto ao qual as pessoas mais se interessam ajuda a você obter uma taxa de abertura consideravelmente alta.

2 – Coloque números no assunto

A inserção de números na linha de assunto remete às pessoas a ideia de quantidade, logo, considere essa hipótese. Por exemplo :

“Restam apenas 4 lugares para o seminário na próxima semana”
“10 dicas de sucesso em marketing”
“3 sugestões para descansar neste fim de semana”

3. Incentivar a ação.

Como toda a linha de assunto, especialmente uma promoção, certifique-se de incluir um apelo à ação. Por exemplo, citar um prazo (“Oferta termina sexta-feira”) ou usar o texto como “Responda agora” vai levar as pessoas a abrir a mensagem imediatamente.

4. Faça com que a linha de assunto seja amigável com as redes sociais

Quando o assunto é relevante para quem o recebe, a pessoa normalmente repassa o conteúdo para os demais colegas. Nesse caso, elabore a linha de assunto, de tal maneira que o seu conteúdo seja compatível com as redes socias já existentes. Dica : o microblogging Twitter aceita no máximo 140 caracteres, logo, evite ultrapassar esse limite, até porque a maioria dos leitores de email garantem entre 35 a no máximo 40 caracteres sendo visualizados integralmente. Quanto ao número de palavras, o ideal seria entre 5 a no máximo 8 para não tornar a linha de assunto muito extensa.

5.  Teste a sua linha de assunto, enviando para uma pequena amostra do seu mailing

Esse é o famoso Teste A/B, ou seja, pegue uma pequena amostra da sua base de emails (por exemplo, 5% dela) e a divida em duas partes. Crie duas linhas de assunto distintas e faça os disparos para cada base. A campanha que obtiver a maior taxa de abertura indicará o assunto ao qual as pessoas mais se interessaram. Utilize essa linha de assunto para realizar o disparo definitivo ao restante da sua audiência.

Fonte: Marketing Radar