Artigos

Curiosidades

Curiosidades, Matérias de Ajuda,

O que é um email corporativo?

0 comentários

postman

Email corporativo: qual a diferença para um email comum?

Essa é uma das dúvidas mais comuns na hora de conversar sobre email. Tem email que é de graça, tem email que já vem incluso em planos de hospedagem, tem email cobrado a parte, email em servidor dedicado e diversas opções e preços. Mas o que é exatamente um email corporativo?

Primeiramente vamos falar sobre recursos, que é a maior diferença para os emails “comuns” que são de graça ou que já vem incluso em planos de hospedagem. Como o nome do produto já diz, o foco dele é em corporação, ou seja, para ser usado principalmente por funcionários de uma empresa que precisam de diversos outros recursos além de enviar e receber emails, tais como: agenda, calendário, compartilhamento de informações e arquivos, segurança, anti-spam e anti-vírus eficiente, e claro, alta disponibilidade.

Com o email corporativo é possível por exemplo compartilhar a agenda de reuniões de uma determinada equipe, assim todos saberão exatamente os horários disponíveis dos demais, ou ainda o chefe do departamento acompanhar todas as reuniões que a sua equipe tem feito.

Alguns arquivos são super importantes e todos precisam ter acesso a eles sempre atualizados? Sem problemas, isso também é possível com o compartilhamento de arquivos e pastas para um grupo ou toda a empresa.

E claro temos que falar também da mobilidade, hoje em dia o email precisar estar sempre ao nosso alcance onde quer que estejamos: fora do escritório para uma reunião externa, de férias na praia, aos finais de semana em casa ou em uma viagem para fora do país. Com o email corporativo tudo está totalmente integrado e ao seu alcance, podendo configurar em seu smartphone, notebook pessoal, acesso via webmail de qualquer outro computador ou até acesso mobile de qualquer celular. Seu email funciona exatamente igual como se estivesse no escritório, com todos os recursos de agenda, calendário e compartilhamento de arquivos.

Poderíamos escrever uma matéria gigantesca com tantos outros recursos legais para as empresas utilizarem, mas vamos encerrar aqui falando de algo extremamente importante que o email corporativo também possui: alta disponibilidade!

De nada adianta o produto ter todos esses recursos citados acima se está sempre fora do ar ou com grandes lentidões, certo? Para muitas empresas (muitas mesmo!) o email é muito mais importante que o site. O site pode até sair do ar, mas o email se parar por 10 minutos já vira um caos interno. Utilizando email corporativo as empresas também possuem um ambiente de hospedagem dos servidores diferenciado, ambiente esse totalmente isolado e com servidores de última geração ligados em redundância. Em nosso caso por exemplo (nosso, EVEO Cloud) nós fornecemos esse serviço para os clientes colocando cada cliente em um servidor Cloud dedicado, fornecendo ainda mais qualidade, performance e estabilidade.

Esperamos que essa matéria tenha lhe ajudado a entender melhor sobre email corporativo e assim decidir o que é melhor para a sua empresa. Se quiser conhecer mais sobre esse produto, acesse o hot-site do email corporativo ou converse com um dos nossos consultores ligando 0800 888 5220. Pode ligar de qualquer lugar do Brasil, inclusive de celulares! 😉

Cloud Computing, Curiosidades, Matérias de Ajuda,

Cloud Server Gerenciado vs Não Gerenciado: Qual você deve escolher?

0 comentários

Cloud Server Gerenciado vs Não Gerenciado: Qual você deve escolher?

O tipo de serviço a contratar é uma decisão muito importante a fazer, talvez até a mais importante ao contratar um Cloud Server. Trata-se de quanto dinheiro você está disposto a investir em troca de conveniência. Envolve também a quantidade de trabalho que você pretende alocar em seu servidor, além do controle que você terá sobre seu funcionamento. Ao escolher entre um plano de Cloud Gerenciado ou Não Gerenciado é importante que você entenda as diferenças de cada abordagem, bem como a necessidade do seu negócio, caso contrário, você pode acabar fazendo a escolha errada. Vamos então esclarecer algumas questões neste artigo pra garantir que isso não aconteça.

Qual a diferença?

 Vamos usar uma analogia aqui, não é a perfeita, mas é suficiente para entender nossos propósitos. Imagine que você tem que escolher entre duas empresas de aluguel de automóveis:

 A primeira lhe oferece um carro que você pode personalizar e modificar, o veículo tem um preço mais atrativo, a única condição é que você vai ser responsável por mantê-lo funcionando. Eles não vão te ajudar se algo der errado, a manutenção e conservação do dia-a-dia também é um trabalho inteiramente seu e cabe a você determinar se alguma coisa deu errado – uma tarefa difícil se você não possuir nenhum conhecimento automotivo.

 A segunda empresa de aluguel tem uma abordagem diferente. Tal como a primeira, eles permitem que você personalize o carro em qualquer que seja a forma que você achar melhor – mas, desta vez, a empresa vai fazer todo o trabalho pra você. Eles também vão lidar com todo o esforço técnico envolvido em manter o funcionamento do veículo, e até mesmo levá-lo onde você quiser ir. Embora essa tenha um custo mais elevado do que a primeira empresa, este serviço lhe permite que você concentre-se inteiramente em seu destino – você também não precisa se preocupar na manutenção e revisão do carro.

Um Cloud Server não gerenciado é muito parecido com a primeira empresa nesta analogia. Você tem acesso root/admin do servidor, bem como a liberdade para configurá-lo como quiser – um privilégio no qual você geralmente irá pagar menos. Porém, infelizmente, se você não tem nenhuma experiência em administração de servidores, pode ser quase impossível trabalhar com sucesso em um cloud não gerenciado. E ainda que tenha experiência, você quer realmente assumir esse serviço? E se der algum problema em um final de semana, ou na madrugada?

Já o Cloud Server gerenciado seria como a segunda empresa de aluguel. Embora você diga a forma como o servidor será configurado e personalizado, os aplicativos que serão instalados e o sistema operacional a ser usado, não será necessário nenhuma ação ou conhecimento técnico avançado da sua parte. Essa opção tende a custar mais, porém, isso significa que você pode se concentrar inteiramente em seu negócio, não precisando gastar tempo na configuração, manutenção ou monitoramento do servidor.

Qual a melhor opção?

Agora que você sabe a diferença entre os dois modelos, você quem precisa definir qual é o mais adequado ao seu negócio. Mas para lhe ajudar nessa decisão seguem algumas sugestões: 

Você deve escolher o Cloud Gerenciado se:

  • Você tem uma empresa com um departamento de TI limitado ou com pouca experiência em administração de servidores;
  • Você pode gastar um pouco mais em troca da comodidade;
  • Você não está confiante que possa dedicar tempo suficiente para cuidar do servidor;
  • Você prefere focar em seu negócio, sem ter que se preocupar com o servidor.

 Você deve escolher um Cloud Não Gerenciado se:

  • Você ou seu departamento de TI tem ampla experiência em administração de servidores;
  • Você sabe que tem tempo pra manter um servidor;
  • Você realmente precisa ter acesso root/admin ao servidor.

 Agora ficou mais fácil escolher!

Se você concluiu que um Cloud Não Gerenciado é melhor, você precisa ter certeza que tem experiência técnica e tempo para mantê-lo adequadamente. Administrar um servidor não é uma tarefa fácil. Se você não tem tempo ou habilidade técnica para se dedicar a ele, eu aconselho fortemente que contrate um plano gerenciado.

Da mesma forma, se você precisa de acesso root/admin e controle total do servidor, um Cloud Gerenciado não será a escolha certa. Com servidores não gerenciados você terá mais liberdade e acesso full a todo o ambiente.

Espero ter ajudado em sua decisão, se ainda restar dúvidas você pode me adicionar no Skype (diogouzeda.gc) pra gente bater um papo, mas só você poderá decidir qual é o melhor caminho, escolha sabiamente!

Matéria escrita por: Diogo Uzêda