Artigos

Datacenter

por-que-adotar-o-data-center-virtual.jpeg
Datacenter,

Por que adotar o Data Center Virtual?

0 comentários

Com o avanço das tecnologias de internet e software, hoje já é possível virtualizar uma infraestrutura de TI inteira. Quando a empresa opta por essa estratégia, significa que está migrando a maioria dos seus recursos e operações para a nuvem, o que pode trazer uma série de vantagens para o negócio. Mas, você sabe o que é Data Center Virtual? Melhor ainda. Sabe por que deve adotá-lo?

Nosso objetivo com este post é esclarecer todas as dúvidas a respeito desse assunto para que você usufrua da tecnologia sem qualquer receio. Então, aproveite a leitura!

O que é o Data Center Virtual?

Quando dizemos que um Data Center é virtual significa que toda a infraestrutura de TI — como servidores, rede, capacidade de processamento — e outros recursos necessários para as operações foram virtualizados. Ou seja, eles ficam hospedados na nuvem e passam a ser acessados por meio de um link no navegador de web.

Geralmente, um provedor de Data Center Virtual monta a estrutura e oferece as capacidades disponíveis em forma de serviços, ficando responsável pela segurança, manutenção, atualização e disponibilidade.

Como funciona o Data Center Virtual?

Ao optar por virtualizar o Data Center, sua empresa ganha acesso a uma estrutura robusta, pois passa a contar com uma grande rede de servidores e storages interligados e que ainda podem ser espalhados por regiões diferentes. Isso quer dizer que os dados e sistemas, bem como os seus respectivos backups, podem ficar hospedados em locais distintos por segurança.

Dessa maneira, se um servidor que faz parte da nuvem do provedor sair do ar, um outro servidor de backup dará conta do recado, mantendo toda a infraestrutura funcionando até que o problema seja resolvido. A maioria dos provedores deixa isso bem claro no SLA (Service Level Agreement), e você nem sente a diferença quando acontece.

Para isso, você deve escolher um bom provedor de cloud computing e um plano de assinatura com pacote de serviços e ferramentas que sejam mais adequados às necessidades do seu negócio. Como muitos oferecem flexibilidade para montar um plano sob medida, essa tarefa não deve ser difícil. A partir daí, você paga uma mensalidade pelo uso da infraestrutura.

Banner E-book Data Center Virtual

Quais as vantagens em adotar o Data Center Virtual?

Reduz custos com infraestrutura física

Com a virtualização do Data Center, a empresa não precisa mais investir em aquisições, instalações, manutenções, renovações de garantia e segurança de servidores. Consequentemente, acontecerá o mesmo com os equipamentos de refrigeração e espaço para acomodar os equipamentos. Tudo isso passa a ser de responsabilidade do provedor de infraestrutura na nuvem.

Proporciona escalabilidade operacional

Em vez de precisar comprar um novo servidor sempre que a demanda aumentar, a empresa pode simplesmente consumir mais espaço e recursos disponíveis na estrutura virtual oferecida pelo provedor. Dessa forma, a empresa ganha acesso a um ambiente elástico para crescer de forma sustentável e a baixo custo, já que paga apenas pelo que usa.

Melhora o controle dos recursos

No Data Center Virtual, o gerenciamento dos dados, sistemas, políticas de segurança e recursos pode ser feito a distância, pela internet. Ou seja, independentemente do lugar e do horário, basta ter um dispositivo móvel em mãos e um ponto de acesso à internet para acessar a infraestrutura e executar as funções de monitoramento e controle dos ativos virtuais e operações on-line.

Aumenta a segurança

Um Data Center Virtual conta com recursos tecnológicos de última geração para reduzir os riscos de invasão e perda dos dados e sistemas. Isso inclui sistemas de criptografia, antivírus corporativo, firewall, proteção contra ataques DDoS, cloud backups e planos de recuperação de desastres. Muitas empresas não conseguem investir, sozinhas, em um nível de segurança tão alto.

É bom lembrar que um serviço de Data Center Virtual é diferente do serviço de armazenamento de dados em nuvem. Enquanto esse último trata-se de um recurso mais simples e com ferramentas bem limitadas, focado apenas em guardar arquivos e backups na nuvem, o Data Center Virtual entrega uma infraestrutura completa de servidores, storages e rede.

O que achou da oportunidade? Aproveite e descubra também o que é CRM na nuvem e as principais vantagens de usá-la!

194588-data-center-tier-iii-o-que-esse-termo-significa-para-a-ti
Datacenter,

Data Center Tier III: o que esse termo significa para a TI?

0 comentários

Mesmo sendo profissionais de TI, é possí­vel que muitos desconheçam a existência de uma classificação que separa os data centers por níveis. Esse é o caso do Data Center Tier III. Se você ainda não ouviu falar sobre ele, fique tranquilo! Vamos esclarecer tudo sobre o assunto neste post. Acompanhe o texto e esclareça suas dúvidas!

O que é e para que serve um Data Center?

Um Data Center representa as instalações onde ficam armazenados os servidores, roteadores e outros equipamentos de TI de uma empresa ou de diversas empresas, no caso dos Data Centers comerciais. A partir dele, são realizadas ações de armazenamento e hospedagem dos dados e sistemas corporativos.

Ele também abriga as configurações de rede, códigos-fontes de softwares e informações estratégicas, sendo vital para agregar continuidade às operações comerciais.

Consequentemente, segurança, disponibilidade e confiabilidade são os principais fatores de sucesso para um negócio que depende de Data Center. Dessa forma, estes são separados por níveis de eficiência, que vão de 1 a 4.

O que significam as classificações de Data Center?

As classificações dos Data Centers existem para avaliar e demonstrar a qualidade e a confiabilidade da capacidade de hospedagem dos equipamentos de infraestrutura (como servidores e storages), bem como da disponibilidade do ambiente. Esse sistema de classificação é dividido, como dissemos, em quatro níveis:

  • Data Center Tier I;
  • Data Center Tier II;
  • Data Center Tier III;
  • Data Center Tier IV.

Quanto mais alta for a classificação, maior é o nível de segurança e a disponibilidade garantida.

Qual é a finalidade do Data Center Tier III?

Um Data Center Tier III oferece maior disponibilidade. Isso porque ele permite gerenciar períodos de manutenção sem afetar o funcionamento, o que é extremamente importante para evitar paradas programadas ou até mesmo inesperadas.

lém disso ele tem uma redundância modular extremamente elevada, garantindo níveis de segurança e confiabilidade bem melhores do que os de nível I e II.

Banner E-book Data Center Virtual

Por que um Data Center Tier III é importante?

A alta disponibilidade da infraestrutura garante acesso aos dados e sistemas praticamente em tempo integral. Isso é crucial para os negócios que mantêm plataformas de trabalho on-line. Os profissionais que dependem dos sistemas e dados para realizar tarefas de forma remota, por exemplo, via estações de trabalho móvel, ganharão maior eficiência.

Se a empresa oferece serviços e produtos via web, essa vantagem é ainda mais relevante. Afinal, qualquer tempo fora do ar pode significar perdas recorrentes de receitas, o que não é comum acontecer nesse nível.

Quais são as suas vantagens em relação às classificações Tier I e II?

Um Data Center de classificação Tier I não oferece redundância e entrega uma disponibilidade média de 99,67% do tempo, o que significa 28,8 horas de inatividade por ano.

Já um Data Center de classificação Tier II oferece redundância parcial, em energia e refrigeração, além de um tempo de disponibilidade na casa dos 99,75%, representando uma média de 22 horas fora do ar em um ano.

Por fim, o Data center Tier III tem redundância maior, com fonte de alimentação dupla e manutenção concorrente planejada, resultando em um tempo médio de 99,98% no ar. Ou seja, apenas 1,6 horas de inatividade por ano.

Vale ressaltar que cada empresa tem necessidades diferentes. Logo, o uso de um Data Center Tier III deve ser avaliado, para se saber se ele realmente será adequado. Como cada Data Center tem uma finalidade específica, essa avaliação é importante.

Então, gostou do post? Agora que você já conhece as classificações dos Data Centers, aproveite para conhecer também as principais vantagens de um Data Center Virtual!