Artigos

PHP

Matérias de Ajuda, PHP,

Dicas úteis para o phpMyAdmin

1 comentário

Que o phpMyAdmin é uma fantástica ferramenta, todos nós já sabemos. Mas vejo muito por aí pessoas com pequenos problemas que poderiam ser facilmente resolvidos com recursos existentes no próprio phpMyAdmin, e então eu reuni aqui algumas dicas que podem ajudar profissionais web a se tornarem mais produtivos e, em alguns casos, trabalhar com mais segurança.

Dica #1: Duplicando um banco de dados inteiro com o phpMyAdmin

Em algumas ocasiões, precisamos fazer mudanças simples nos projetos que se encontram em produção (ou seja, estão atualmente online), mas nenhuma mudança que tenha contato com as informações do site/blog/sistema/aplicativo pode ser implementada sem antes passar por testes, e o ideal é que esses testes sejam feitos em uma réplica do banco de dados em que se encontram as informações da aplicação, que atualmente está em produção. O que muitos não sabem é que duplicar um banco de dados pode ser feito facilmente, através do recurso copiar banco de dados, do próprio phpMyAdmin.

Duplicar um banco de dados no phpMyAdmin é muito fácil. Acesse o phpMyAdmin através do seu cPanel ou HELM e clique no nome do banco de dados que deseja duplicar. Na aba Operações, você já verá um formulário com o título Copiar banco de dados para. É nesse formulário que essa operação pode ser feita com total facilidade, e ele ainda tem alguns recursos para personalizar a operação. São eles:

  • Somente estrutura – copia somente a estrutura do banco de dados. Serão fielmente copiadas todas as tabelas, mas nenhum registro estará contido nas mesmas.
  • Estrutura e dados – tanto a estrutura das tabelas quanto seus registros serão copiados. Essa é a opção que está sempre selecionada por padrão. O banco de dados de destino será uma cópia perfeita do banco de dados de origem, diferenciando apenas o nome.
  • Dados apenas – copia apenas os registros do banco de dados. Para essa opção ser utilizada, é preciso que o banco de dados de destino já esteja com a mesma estrutura de tabelas que tem o banco de dados de origem.
  • CREATE DATABASE antes de copiar – para usuários que possuem privilégios para criação de bancos de dados, essa opção pode ser útil para não ter que ir à outra página para só então criar um novo banco de dados.
  • Adicionar DROP TABLE / DROP VIEW – esta opção destruirá tabelas existentes no banco de dados de destino com o mesmo nome das tabelas que estão sendo copiadas. É um recurso que deve ser usado com cuidado.
  • Adicionar valor AUTO_INCREMENT – essa opção fará com que o índice de incremento dos campos com AUTO_INCREMENT do banco de dados de destino sejam os mesmos do banco de dados de origem. Deixe sempre marcado para garantir a integridade dos dados.
    Mudar para o banco de dados copiado – fará com que, após a operação de duplicação de banco de dados seja concluída, o phpMyAdmin já carregue na página do banco de dados de destino, possibilitando assim já iniciar a trabalhar diretamente nele.

Dica #2: Efetuando backups de um banco de dados de forma organizada

Efetuar backups das informações é sempre uma boa idéia. No meu caso, quando posso eu agendo os backups via software, mas nem sempre isso está disponível e fácil a todos. Nesse caso, o recurso Exportar do phpMyAdmin supre a necessidade. Mas e quando sua pasta de backups tem vários arquivos do tipo bancodedados.sql-01.zip, bancodedados.sql-02.zip, bancodedados.sql-03.zip… Como saber facilmente qual backup é o mais recente? E como deixar de forma fácil essa informação para futuras consultas?

No momento em que você vai fazer backup de um banco de dados através da aba Exportar do phpMyAdmin, ele pergunta pelo nome do arquivo do modelo. Logo abaixo, avisa que aquele valor é interpretado usando a função strftime do PHP, e avisa também que você pode usar strings de formatação de tempo. Isso é o suficiente para resolver o problema da organização dos nomes dos arquivos de backups!

Eu criei um novo modelo para meus backups, no qual o nome do arquivo fica algo parecido como 2010-11-13_19-36-00_nomedobanco.sql.zip. Para isso, bastaria você usar o seguinte modelo:

%Y-%m-%d_%H-%M-%S___DB__

Assim, o arquivo de backup do meu banco de dados que o phpMyAdmin irá servir para download já virá nomeado com o ano, mês, dia, hora, minuto e segundo atual, seguidos do nome do banco de dados! Olha que maravilha! 🙂 Assim, você já pode salvar diretamente o arquivo na sua pasta de backups no seu computador, e se você deixar a opção lembrar modelo marcada, da próxima vez que você for exportar seu banco de dados esse modelo de nomenclatura já estará configurado. 😀

Post by: Joel Wallis
“Desenvolvedor web, blogueiro, tuiteiro”

Matérias de Ajuda, PHP,

Formulário de contato em PHP

14 comentários

Devido à modificação de segurança que realizamos em nossos servidores Windows, o qual agora somente permite envio de formulários em que o script faz autenticação no servidor SMTP, estamos postando um novo modelo de script, que funciona tanto em plataforma Windows como Linux, e faz a autenticação de segurança necessária.

Primeiramente faça o download do script, depois siga os passos abaixo:

1 ) Baixe o arquivo, descompacte em seu computador e edite o arquivo form.php conforme abaixo:

2 ) Informe o endereço de email do qual as mensagens serão enviadas. Esse endereço deve existir em sua conta de hospedagem.
$email_remetente = “remetente@seudominio.com.br”;

3 ) Informe o email que você deseja receber os formulários. Pode ser qualquer endereço de email que esteja funcionando.
$email_destinatario = “destinatario@seudominio.com”;

4 ) Essa é a página de sucesso. Junto ao pacote estamos enviando uma com o nome de “enviado.html”, portanto a alteração desse campo é opcional.
$exibir_apos_enviar=’enviado.html’;

5 ) Deseja que seja enviado ao usuário uma resposta automática? “s” para sim, e “n” para não.
$autoresp=”s”;

6 ) Caso deseje, insira o nome de seu site para que o email de confirmação informe de que site se trata.
$nome_do_site=”Seu Website”; //Insira um nome para seu website

7 ) Altere esse campo conforme o domínio de sua hospedagem. Por exemplo, se seu domínio for “tenhaseu.com”, use “mail.tenhaseu.com”
$host = “mail.seudominio.com.br”;

8 ) Altere os campos abaixo para a conta de email e senha que você deseja usar para autenticar o SMTP. Essa conta será usada para enviar os emails tanto para você como para seu cliente (confirmação).
$username = “conta@seudominio.com.br”;
$password = “suasenha”;

Pronto! É só enviar todos os arquivos para sua conta de hospedagem e usar o contato.html como formulário de contato.

Fique a vontade para completar ou configurar outras opções deste script. Ele está totalmente comentado e de fácil utilização. Além disso, ele já vem com os módulos necessários para que funcione em qualquer PHP.

Os arquivos html podem ser usados, ou servir como exemplo para que você adapte ao seu site.