Artigos

cloud server

VPS e Cloud Server
Cloud Computing, VPS,

VPS e Cloud Server: quais são as principais diferenças?

0 comentários

É comum, quando se pesquisa na internet ou até mesmo para os entendedores moderados do assunto, misturar os termos VPS e Cloud Server, que costumam se complementar ao invés de significarem a mesma coisa. Mas não são.

Tipos de hospedagem cuja estrutura tem certas semelhanças, é importante diferenciá-los para entender quais são os pontos fortes e fracos de cada um e, dessa forma, decidir qual é a melhor opção para a sua empresa.

Comecemos por VPS, ou melhor, Virtual Private Server, que faz as vezes de um servidor complexo, dividido em partes, com cada uma delas atuando como um servidor autônomo e, juntas, funcionando como uma gigantesca estrutura digital. Dessa forma, é possível ter diferentes aplicações ativas ao mesmo tempo, como sites e softwares.

O VPS é uma excelente opção a pessoas que tenham a necessidade de diversas aplicações e, nem por isso, tenham condições de organizar um servidor mais complexo. Por isso ele é recomendado a quem precisa de memória maior, além de um processador mais dinâmico.

Outro benefício do VPS é a forma com que as suas configurações atuam, podendo ser planejadas e programas de acordo com a necessidade de cada um, permitindo flexibilidade nos processos.

Do outro lado, temos o Cloud Server, que se assemelha ao VPS por ser uma forma de armazenamento, porém, aqui ele é feito completamente na nuvem, permitindo segurança apurada na hora do arquivamento e, em consequência, maior capacidade de retenção de conteúdo.

Sua estrutura é formada por máquinas, que dividem os seus recursos e os transforma em dados móveis. Isso significa que, se houver problemas com o hardware, outra máquina assumira a responsabilidade e se tornará apta para continuar o armazenamento, da mesma forma e cuidado.

Uma das grandes vantagens do Cloud Server é a sua flexibilidade na hora do armazenamento, que significa a elasticidade do conteúdo, de acordo com o crescimento de sua empresa. Isso é excelente para quem busca mudanças no armazenamento e planeja o crescimento contínuo na hora de transformar os dados em utilidade para a empresa.

Cloud Computing, Curiosidades, Matérias de Ajuda,

Cloud Server Gerenciado vs Não Gerenciado: Qual você deve escolher?

0 comentários

Cloud Server Gerenciado vs Não Gerenciado: Qual você deve escolher?

O tipo de serviço a contratar é uma decisão muito importante a fazer, talvez até a mais importante ao contratar um Cloud Server. Trata-se de quanto dinheiro você está disposto a investir em troca de conveniência. Envolve também a quantidade de trabalho que você pretende alocar em seu servidor, além do controle que você terá sobre seu funcionamento. Ao escolher entre um plano de Cloud Gerenciado ou Não Gerenciado é importante que você entenda as diferenças de cada abordagem, bem como a necessidade do seu negócio, caso contrário, você pode acabar fazendo a escolha errada. Vamos então esclarecer algumas questões neste artigo pra garantir que isso não aconteça.

Qual a diferença?

 Vamos usar uma analogia aqui, não é a perfeita, mas é suficiente para entender nossos propósitos. Imagine que você tem que escolher entre duas empresas de aluguel de automóveis:

 A primeira lhe oferece um carro que você pode personalizar e modificar, o veículo tem um preço mais atrativo, a única condição é que você vai ser responsável por mantê-lo funcionando. Eles não vão te ajudar se algo der errado, a manutenção e conservação do dia-a-dia também é um trabalho inteiramente seu e cabe a você determinar se alguma coisa deu errado – uma tarefa difícil se você não possuir nenhum conhecimento automotivo.

 A segunda empresa de aluguel tem uma abordagem diferente. Tal como a primeira, eles permitem que você personalize o carro em qualquer que seja a forma que você achar melhor – mas, desta vez, a empresa vai fazer todo o trabalho pra você. Eles também vão lidar com todo o esforço técnico envolvido em manter o funcionamento do veículo, e até mesmo levá-lo onde você quiser ir. Embora essa tenha um custo mais elevado do que a primeira empresa, este serviço lhe permite que você concentre-se inteiramente em seu destino – você também não precisa se preocupar na manutenção e revisão do carro.

Um Cloud Server não gerenciado é muito parecido com a primeira empresa nesta analogia. Você tem acesso root/admin do servidor, bem como a liberdade para configurá-lo como quiser – um privilégio no qual você geralmente irá pagar menos. Porém, infelizmente, se você não tem nenhuma experiência em administração de servidores, pode ser quase impossível trabalhar com sucesso em um cloud não gerenciado. E ainda que tenha experiência, você quer realmente assumir esse serviço? E se der algum problema em um final de semana, ou na madrugada?

Já o Cloud Server gerenciado seria como a segunda empresa de aluguel. Embora você diga a forma como o servidor será configurado e personalizado, os aplicativos que serão instalados e o sistema operacional a ser usado, não será necessário nenhuma ação ou conhecimento técnico avançado da sua parte. Essa opção tende a custar mais, porém, isso significa que você pode se concentrar inteiramente em seu negócio, não precisando gastar tempo na configuração, manutenção ou monitoramento do servidor.

Qual a melhor opção?

Agora que você sabe a diferença entre os dois modelos, você quem precisa definir qual é o mais adequado ao seu negócio. Mas para lhe ajudar nessa decisão seguem algumas sugestões: 

Você deve escolher o Cloud Gerenciado se:

  • Você tem uma empresa com um departamento de TI limitado ou com pouca experiência em administração de servidores;
  • Você pode gastar um pouco mais em troca da comodidade;
  • Você não está confiante que possa dedicar tempo suficiente para cuidar do servidor;
  • Você prefere focar em seu negócio, sem ter que se preocupar com o servidor.

 Você deve escolher um Cloud Não Gerenciado se:

  • Você ou seu departamento de TI tem ampla experiência em administração de servidores;
  • Você sabe que tem tempo pra manter um servidor;
  • Você realmente precisa ter acesso root/admin ao servidor.

 Agora ficou mais fácil escolher!

Se você concluiu que um Cloud Não Gerenciado é melhor, você precisa ter certeza que tem experiência técnica e tempo para mantê-lo adequadamente. Administrar um servidor não é uma tarefa fácil. Se você não tem tempo ou habilidade técnica para se dedicar a ele, eu aconselho fortemente que contrate um plano gerenciado.

Da mesma forma, se você precisa de acesso root/admin e controle total do servidor, um Cloud Gerenciado não será a escolha certa. Com servidores não gerenciados você terá mais liberdade e acesso full a todo o ambiente.

Espero ter ajudado em sua decisão, se ainda restar dúvidas você pode me adicionar no Skype (diogouzeda.gc) pra gente bater um papo, mas só você poderá decidir qual é o melhor caminho, escolha sabiamente!

Matéria escrita por: Diogo Uzêda