Artigos

email marketing

Matérias de Ajuda,

E.Marketing: Relacionamento duradouro

4 comentários

Email Marketing: como criar um relacionamento duradouro com o seu cliente?

Apesar da nova onda das redes sociais, o email ainda é o principal canal de comunicação, principalmente para aqueles que dependem do e-commerce. Segundo recente pesquisa realizada pela Gfk, o e-mail foi apontado como a principal ferramenta da web por 44% dos entrevistados, à frente das redes sociais (39%), e de acordo com a eConsultancy, 90% dos consumidores consideram o email a melhor forma de comunicação para com as suas lojas.

O grande triunfo do email marketing é que essa forma de comunicação permite entregar conteúdo personalizado ao destinatário de acordo com o nivel de personalização que o dono do mailing consegue obter de seus clientes (interesse, sexo, idade, etc…), que qualquer outro canal não consegue obter. É o chamado marketing 1-to-1.

Analisando os dados pessoais citados anteriormente, freqüência de abertura das mensagens e produtos que mais lhe interessam, é possível identificar grupos de consumidores com perfis muito próximos (os chamados “clusters”) e dirigir mensagens cujo conteúdo tem maior potencial de chamar a atenção e gerar conversões, enviando ofertas específicas.

O segredo dessa história é criar uma régua de relacionamento com os seus clientes. Essa régua mede o grau de envolvimento do seu contato com a loja, se ele apenas se cadastrou para receber informativos e se ele já é um cliente ativo, ou seja, é uma espécie de “linha do tempo” que começa desde o momento que ele se cadastra em sua loja até gerar uma conversão.

Dicas para relacionamento no e-mail marketing

Mas além da tecnologia, é essencial planejar a melhor forma de se relacionar com os clientes. As principais recomendações dos especialistas nesse sentido são:

1. Fuja da tentação fácil de comprar listas genéricas ou usar listas de terceiros. Enviar propaganda sem consentimento tem alto potencial de ser encarado como spam não só pelo destinatário como também pelos próprios gerenciadores como Gmail, Yahoo! e Hotmail, que irão direcioná-la direto para a lixeira da caixa postal.

2. Siga as determinações do código de autorregulamentação para prática de e-mail marketing, criado pelas associações e entidades relacionadas à gestão de internet, publicidade e marketing digital para definir as boas práticas no segmento.

3. O consentimento do cliente em receber suas mensagens vale ouro. Não perca qualquer oportunidade para captá-los.

4. Analise minuciosamente os relatórios de disparos de e-mail para identificar padrões de comportamento, de modo a identificar os clusters (grupos de interesse em comum). Definidos estes clusters, é possível segmentar as ofertas enviadas por sexo, idade, região, etc.

5. Quanto mais informações e detalhes você pedir no cadastro para recebimento de e-mails, menor o interesse da pessoa em preenchê-lo. Portanto, de início limite-se aos dados essenciais (nome completo, e-mail, idade) e, à medida que o relacionamento com o cliente evoluir, solicite um complemento das informações oferecendo sempre algo em troca (desconto, brinde, etc.). Assim você poderá personalizar cada vez mais a sua comunicação com os consumidores mais relevantes.

6. Além de segmentar de acordo com os interesses e características pessoais, crie campanhas diferenciadas e exclusivas para quem recebe os e-mails. Ao mesmo tempo em que você valoriza suas ofertas, faz a pessoa que as recebe se sentir especial.

7. Não perca a oportunidade de retomar contato com quem deixou de abrir seus e-mails. Ofereça um desconto ou um brinde para reativar o interesse.

8. Vale a pena investir tempo e esforços para identificar os motivos de descadastramento. Pode-se descobrir o que está gerando insatisfação e corrigir o problema e até mesmo reverter a situação.

9. Abuse dos e-mails de relacionamento: agradecimento pelo cadastro e pela compra, confirmação de pedido, confirmação de pagamento, status do pedido, etc. Já está comprovado que este tipo de comunicado deixa o cliente mais seguro e aumenta a credibilidade da loja.

10. Cadastre-se para receber e-mails e newsletters dos concorrentes e principais sites de varejo para avaliar o que você também pode aplicar em sua empresa.

Fonte: Marketing Radar

Curiosidades, Matérias de Ajuda,

Eficiência no Email Marketing

2 comentários

Email Marketing : Como planejar o conteúdo com eficiência?

Um dos aspectos mais desafiadores no planejamento de uma ação de email marketing que ofereça resultados é ter um conteúdo relevante para cada mensagem que enviar. Elaborar um conteúdo que agregue valor para seus destinatários irá garantir o sucesso a longo prazo de sua ação de  email marketing. Aqui estão algumas dicas para o seu desenvolvimento:

Forneça algo de interessante – Há um interesse enorme em poder entrar em contato com seus destinatários regularmente por email, pois dessa maneira você envia algo de interessante em troca de sua permissão. Isso pode ser qualquer coisa, desde descontos especiais disponíveis apenas para sua base de emails a informações úteis como ofertas. Concursos ou testes também são uma ótima maneira de gerar interação e abrir um diálogo de duas vias com seus destinatários. Tempo também pode ser uma característica muito valiosa – certifique-se que seus destinatários são os primeiros a saber sobre lançamentos de novos produtos ou eventos futuros.

Ofereça benefícios exclusivos por e-mail (pelo menos por algum período de tempo) e você estará entregando para seus destinatários que irá garantir a permanência deles com você por mais tempo,

Planeje com antecedência – Se você pretende enviar newsletters para seus destinatários, ter um plano para 6 meses ou um ano irá garantir que você sempre tenha conteúdo relevante. Sem um contato regular, seu mailing perderá valor rapidamente. Se um destinatário recebe uma mensagem de você, mas não se lembra que deu permissão para tal, a probailidade de resposta será mínima, além da chance de você ser denunciado como spammer.

Analise – Observe os relatórios de envio para descobrir qual conteúdo é o mais popular e eficaz nas suas campanhas. Uma das maiores virtudes do email marketing é o conhecimento que você pode construir com seus destinatários. Use o seu conteúdo para utilizá-lo em suas landing-pages, e, categorize seus links de diferentes maneiras para obter uma melhor compreensão dentro do seu mailing.

Segmente – Use o conhecimento que acumulou analisando os cliques de seus destinatários para a elaboração de conteúdo relevante. Teoricamente, o único limite para o número de versões de uma campanha é quando o custo de produzir a versão incremental supera a receita adicional gerada por essa versão, mas não se esqueça que você está mantendo contato regular com todos os seus destinatários antes de começar a desenvolver versões adicionais.

Fonte: Marketing Radar